Acessibilidade

Nesta edição do Festival Materiais Diversos damos mais um passo para tornar a nossa programação acessível, nomeadamente a pessoas com mobilidade reduzida e pessoas Surdas.

A programação decorre maioritariamente em espaços não convencionais, fruto das parcerias que se foram estabelecendo ao longo dos anos, com o intuito de valorizar o território e o seu património. Assegurando que estamos a caminhar para uma maior acessibilidade, procuramos envolver os nossos parceiros no mesmo objetivo. Ao longo do programa identificamos os espaços acessíveis, que dispõem de WC acessível e de estacionamento reservado para viaturas com dístico/cartão de estacionamento para pessoas com deficiência.

Todos os espaços de apresentação dispõem de lugares destinados a pessoas com mobilidade reduzida.
Os espetáculos “Decadência” (dia 5/out) e “Boca Fala Tropa” (dia 13/out), contam com interpretação em Língua Gestual Portuguesa.
Os bilhetes são gratuitos para pessoas com necessidades especificas e acompanhante ou assistente.
 
 
Minde
 
Largo da Igreja de Minde
“KdeiraZ”, Natália Mendonça
6 out. > 14h30 (sessão para escolas)
7 out. > 16h
 
Acesso – Sugerimos a entrada pela Rua da Igreja, onde o percurso não apresenta desníveis nem degraus e o piso é de calçada.
 

 
WC – O espaço não dispõe de WC acessível. Sugerimos a utilização do WC acessível da Casa da Memória (distância de 300 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Em alternativa, sugerimos o estacionamento ao longo da Rua da Igreja.
 
 
Casa da Memória
“Como Podemos Ser Uma Comunidade de Aprendizagem?” com Elsa Ferreira
7 out. > 11h30
 
Acesso – A entrada de público com mobilidade reduzida é realizada através da extensão da Praça 14 de Agosto à Rua Dr. António A. Ferreira Totta. O lancil encontra-se rebaixado. O evento será realizado no primeiro piso, para o qual existe elevador.
 

 
WC – O espaço dispõe de WC acessível no piso superior.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Em alternativa, sugerimos a Praça 14 de Agosto que dispõe de lugares de estacionamento.
 
 
Polje de Mira-Minde
“Traquinar”, Ana Santos
8 out. > 10h-12h
15 out. > 10h-12h
 
Acesso – Sugerimos a entrada pela Rua da Lagoa do Santo, junto ao Alojamento Local Retiro do Bosque. Este acesso é realizado por uma estrada não pavimentada e com algumas irregularidades.
 

 
WC – O espaço não dispõe de WC acessível. Sugerimos a utilização do WC acessível da Casa da Memória (distância de 500 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Sugerimos o estacionamento da Mata de Minde (B), junto ao local de apresentação (A), tal como indicado abaixo, de modo a evitar a irregularidade do piso até ao local.
 

 
 
Ginásio da EB 2 / 3 de Minde
“Didascálias”, Giovanna Monteiro, Leonor Mendes, Vicente Antunes Ramos
8 out. > 16h30
 
“La Burla”
14 out. > 16h30
 
Acesso – A entrada na escola é feita pelo portão da Rua António Roque Gameiro. Dentro do edifício, o acesso faz-se por um lance de escadas com 22 degraus, não existindo outra entrada.
 

 
WC – O espaço não dispõe de WC acessível. Sugerimos a utilização do WC acessível da Casa da Memória (distância de 550 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Em alternativa, sugerimos o estacionamento nas ruas circundantes ao edifício da Escola EB 2 / 3 de Minde.
 
 
Museu de Aguarela Roque Gameiro
“Bernardo Branco”
8 out. > 18h
 
Visitas ao Museu de Aguarela Roque Gameiro
14 out. > 11h30
 
“All in the Air is Bird”, Maria Jerez
14 out. > 18h30
 
Acesso – Na entrada principal do Museu, uma pessoa da equipa do festival fará o acompanhamento até a entrada acessível. Para chegar ao museu, terá de atravessar o jardim. No interior do jardim o piso é não pavimentado e apresenta irregularidades.
 
WC – O espaço dispõe de WC acessível no interior do Museu.
 
Estacionamento – Disponíveis dois lugares de estacionamento para pessoas com deficiência, no Largo Justino Guedes, junto ao Museu.
 
 
Fábrica de Cultura
“Limpeza de Caminhos no Polje Mira-Minde”, Movimento Mira-Minde
15 out. > 8h-12h
 
“Mercado da Bagageira e dos Produtos Locais”, Movimento Mira-Minde
15 out. > 9h-15h
 
“Eco-Piquenique Partilhado & Sem Desperdício”, Movimento Mira-Minde
15 out. > 13h-15h
 
“a besta, as luas”, Elizabete Francisca
15 out. > 16h30
 
Acesso – Todas as atividades decorrem no exterior da Fábrica da Cultura. O piso é não pavimentado.
 
WC – O espaço não dispõe de WC acessível. Sugerimos a utilização do WC acessível da Casa da Memória (distância de 550 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Em alternativa, sugerimos o estacionamento nas imediações da Fábrica de Cultura.
 
 
Praça Alberto Guedes
“chica”
15 out. > 18h
 

Acesso – No acesso ao local, as ruas circundantes (Rua Emílio da Silva Raposo e Rua Dr. António A. Ferreira Totta) dispõem de lancis rebaixados.
 
WC – O espaço não dispõe de WC acessível. Sugerimos a utilização do WC acessível da Casa da Memória (distância de 140 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Em alternativa, sugerimos a Praça 14 de Agosto (B), junto ao local de apresentação (A), que dispõe de vários lugares de estacionamento, embora não destinados a pessoas com deficiência.
 

 
 
Alcanena
 
Casa da Cultura
“Corpo Comum”, Marta Tomé, Raquel Senhorinho
5 out. > 16h30 (Inauguração + Visita)
6 a 20 out. seg. a sex. > 9h30-12h30
 
“Decadência”, Cátia Terrinca | UMCOLETIVO
5 out. > 19h30
 
Acesso – O acesso realiza-se pela entrada principal da Casa da Cultura (Bairro Mota, Alcanena), através de uma rampa que está instalada no local. Para o espetáculo, a entrada realiza-se pelo portão cinzento, na lateral da Casa da Cultura.
 
WC – O espaço não dispõe de WC acessível. Sugerimos a utilização do WC acessível do Cine-Teatro São Pedro (distância de 140 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Em alternativa, sugerimos o estacionamento junto à Casa da Cultura.
 
 
Biblioteca Municipal
“Mil e Uma Noites”, Cátia Terrinca | UMCOLETIVO
6 out. > 18h (Inauguração + Conversas)
9 a 20 out. seg. a sext. > 10h13 + 14h-18h
 
Acesso – O acesso é realizado pela entrada principal da Biblioteca (Rua 25 de Abril).
 
WC – O espaço dispõe de WC acessível.
 
Estacionamento – Disponíveis dois lugares de estacionamento para pessoas com deficiência, na Rua João da Silva Nazário, em frente ao Mercado Municipal.
 

 
 
Cine-Teatro São Pedro
“Las Lámparas”, Leticia Skrycky
7 out. > 16h30 + 18h + 19h30 (no palco do Cine-Teatro São Pedro)
 
“Como Cultivamos a Imaginação?” com Susana Gomes da Silva
10 out. > 15h
 
“Boca Fala Tropa!”
13 out. > 21h30
 
Acesso – O acesso ao Teatro e ao palco é realizado pela porta lateral do edifício (Rua 25 de Abril). No local, existe uma rampa que garante acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada. O acesso ao piso superior é garantido por elevador.
 
WC – O espaço dispõe de WC acessível.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Sugerimos o estacionamento nas imediações do Cine-Teatro São Pedro ou junto aos Bombeiros Municipais de Alcanena (140 metros), que dispõe de um lugar de estacionamento para pessoas com deficiência.
 
 
Jardim da República
“BlackBox 2.0”, Estúdio de Dança de Alcanena
7 out. > 18h
 
Acesso – A programação decorre no exterior, sendo o piso nivelado.
 
WC – O espaço não dispõe de WC acessível. Sugerimos a utilização do WC acessível do Museu dos Curtumes (distância de 60 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Sugerimos o estacionamento no exterior do Museu dos Curtumes (60 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
 
Centro de Ciência Viva do Alviela (Carsoscópio)
“Até Onde Seguiremos Estes Rios?” com Pedro Teiga
7 out. > 18h
 
“Habiter Le Seuil”, Marine Chesnais, Vincent Bruno
12 out. > 21h30
 
Acesso – O acesso ao local é feito pelo Carsoscópio (Carsoscópio – R. do Alviela, 2380-421 Louriceira). A entrada no edifício é garantida por uma rampa no exterior, junto ao estacionamento.
 
WC – O espaço dispõe de WC acessível.
 
Estacionamento – Disponíveis dois lugares de estacionamento para pessoas com deficiência, em frente ao edifício do Carsoscópio.
 
 
Associação ABC
O Banquete das Saudades, Anne Lise Le Gac
14 out. > 20h-24h
 
Acesso – O acesso ao local é feito pela Rua A (rua sem saída que se inicia junto ao Museu dos Curtumes – Rua Dr. Carlos Nunes Ferreira).
 
WC – O espaço não dispõe de WC acessível. Sugerimos a utilização do WC acessível do Museu dos Curtumes (distância de 200 metros), mediante articulação com a equipa do festival.
 
Estacionamento – Não existe estacionamento para pessoas com deficiência. Em alternativa, sugerimos o estacionamento ao longo da Rua A (rua sem saída que permite o acesso ao local), embora não disponha de lugares para pessoas com deficiência.
 

Para mais informações sobre acessibilidade por favor contacte-nos através do e-mail acessibilidade@materiaisdiversos.com ou pelo telefone para o 917 830 050.